Erro
  • XML Parsing Error at 1:165. Error 4: not well-formed (invalid token)
  • XML Parsing Error at 1:138. Error 4: not well-formed (invalid token)

ABL - Aprender Brincar e Ler

  • PDF

A leitura da palavra produz a releitura do mundo e cria novas formas de diz-lo. (Paulo Freire)

Contextualizao do ABL
Aprender torna-se uma tarefa mais difcil quando no se compreende a importncia da literatura infantil no desenvolvimento cognitivo da criana desde a primeira infncia. O desenvolvimento da linguagem em termos de oralidade, escrita e leitura inicia-se na famlia e vai para alm da escola.

Brincar uma forma de atividade complexa, indispensvel ao desenvolvimento infantil. A criana para alm de se conhecer a si prpria e ao mundo que est a sua volta, brinca e esse brincar contribui para o processo de aprendizagem, facilitando a construo da reflexo, da autonomia e da criatividade.

Ler tecnicamente no suficiente para o desenvolvimento do carcter da criana. indispensvel que a criana consiga (re)interpretar, associar, interiorizar e exprimir-se enquanto indivduo num processo colectivo. Para um futuro leitor preciso promover o contacto precoce com o livro e desde logo estimular o desenvolvimento de inmeras competncias pelo prazer de ler.

Apoiando-se em diferentes tipos de tcnicas de promoo da leitura para a infncia o desafio do ABL "aprender a brincar e ler brincando". Unindo essas competncias volta da leitura, a criana descobre que se pode ir mais alm do nosso imaginrio.

Para que os livros no sejam um patrimnio cultural morto e desadequado comunidade preciso estimular o prazer da leitura como ferramenta bsica para a compreenso de qualquer informao.

Como surgiu o ABL?
Colabormos com a Biblioteca Municipal lvaro de Campos, desenvolvendo o projecto O Ba das Letras. Surgiu no Vero de 2009 e pouco a pouco, reuniu pessoas volta da literatura infanto-juvenil. A partir da, o gosto de ler e partilhar leituras juntou um Grupo de Leitores (mediadores de leitura) que tm dado vida aos livros, levando-os s escolas e a (outros espaos educativos do concelho).

Contamos com o excelente apoio de profissionais da mediao da leitura, escritores, contadores de histrias (Jos Fanha, Miguel Horta, Maurcio Leite, Joo Lizardo, Tomas Bakk) entre outros que colaboraram das mais diversas formas.

H dois anos que o ABL desempenha um papel fundamental na rea da promoo da literacia Infanto-juvenil, contribuindo nas escolas, bibliotecas pblicas e escolares, feiras do livro, e nos mais diversos locais pblicos com ateliers temticos, contos, jogos pedaggicos, teatros para a infncia, leituras encenadas, frias escolares, com objetivo de promover a leitura potenciando a comunicao entre a linguagem verbal e no verbal.

Objetivos Gerais do ABL
Realizar oficinas que se destinam a um pblico infanto-juvenil, nas escolas ou em qualquer espao pblico, atravs do livro. importante perceber outras formas de pensar, com respeito e discernimento as diferentes crenas e valores sociais e reconhecer a diversidade dos modos de ser, de agir e de se relacionar em sociedade.

Neste sentido, o objetivo principal promover o dilogo Intercultural e Intergeracional fomentando o esprito crtico e o debate das questes psicossociais inerente ao homem.

Objetivos Especficos do ABL:

  • Enriquecer o vocabulrio;
  • Promover o sucesso escolar;
  • Combater o abandono Escolar;
  • Despertar, proporcionar e desenvolver a:

- Sensibilidade;
- Valorizao da vida;
- Imaginao;
- Espontaneidade;
- Capacidade intelectual;
- Capacidade expressiva;
- Capacidade de reflexo;
- Compreenso;
- Independncia;
- Solidariedade e Altrusmo;
- Desenvolver uma conscincia de respeito pela diferena;

Proposta:
Com base nesta experincia bem sucedida e conhecimento adquirido, propomos as Oficinas abaixo descrita, a realizar nas escolas primrias, locais pblicos, feiras, bibliotecas, Associaes, no sentido de fomentar o gosto pela leitura.

As oficinas so:

  1. Espelho, Espelho meu, somos diferentes ou somos iguais?
  2. Quem Mexeu no Meu Queijo;
  3. Provrbios Sem Fronteira;
  4. P de Estrelas;
  5. Construindo o meu Livro
  6. A Vaca Margarida;
  7. Canto & Reconto
  8. A Viagem do Principezinho

Publico Alvo: Alunos do 1 ao 4 ano das Escolas do Concelho de Tavira

Datas e horrio: a definir. com as Escolas.

Durao: 01h30 minutos cada sesso.

Veja neste endereo alguma das oficinas realizadas pelo ABL: http://aprenderabrincarealer.blogspot.com

Breve apresentao das Oficinas do ABL

01 -Oficina: Espelho, Espelho meu! Somos diferentes ou somos iguais?

So mais de 30 livros que abordam de diversas formas o mesmo tema - a multiculturalidade. Esta oficina dividida pode ser 04 sesses apoiado em quatro pilares:

Eu e o Espelho - uma sesso com vrios contos com objetivo de despertar "eu e as nossas diferenas" inseridas no meio onde vivemos. Em frente ao espelho realamos as nossas qualidades para viajar no universo das histrias.

Tu e o Espelho - uma Oficina com histrias onde o "tu aquele que l, e o espelho so os ouvintes". Essa oficina tem por objetivo despertar a capacidade do "ouvir, sentir e respeitar" o outro.

Ele e o Espelho - uma Oficina que cada criana v numa personagem um ponto em comum com o outro.

Ns e o Espelho - as diferenas podem deixar de existir quando compreendemos que podemos ser felizes, como nas histrias encantadas!

02 -Oficina: Quem Mexeu no meu Queijo?

Esta uma histria de mudana que ocorre num Labirinto em que quatro personagens engraadas procuram pelo Queijo, uma metfora para o que queremos ter na vida: Quer seja um emprego, quer seja um relacionamento, dinheiro, uma casa grande, liberdade, sade, reconhecimento, paz espiritual. Cada um de ns tem a sua prpria ideia do que um Queijo e o procuramos porque acreditamos que nos far felizes. Se o obtemos, frequentemente ficamos ligados a ele. E se o perdemos, ou se nos tirado, isso pode ser traumtico.

No livro Quem mexeu no meu queijo? algmas destas questes humanas so discutidas e refletidas em forma de parbola. Nesta oficina convidamos as crianas a se descobrirem num labririnto.

03 -Oficina: Provrbios sem Fronteiras:

Quem no se lembra dos nossos avs quando ramos midos falarem-nos dos provrbios? Ao longo do tempo de geraes e geraes, os provrbios so passados como uma fonte rica de saber e de conhecimento. Esta oficina tem o objetivo de recolher os provrbios dos nossos avs e partilhar com os mais novos, atravs de 12 sesses em que cada sesso se trabalha um provrbio, partilhamos assim o conhecimento e valores passados/registados pela oralidade que de alguma forma condensa uma sabedoria popular.

04 -Oficina: P de Estrelas:

Vinte e Seis letras e milhares de palavras. Juntas ou separadas podemos dar um novo sentido nossa vida. Brincar com este universo de palavras faz-nos sentir adulto e criana e com esse objetivo o livro P de Estrelas vai-nos levar paraeste e outros universos das palavras.

05 -Oficina: Construindo o meu Livro:

Existe um adgio popular que se na vida plantarmos uma rvore, ter um filho e escrever um livro, j podemos pensar na reforma. Escrever, pensar, refletir, sonhar, planear, e construir o seu pequeno livro a misso desta oficina. Por no papel as nossas ideias ordenadas por vezes no uma simples tarefa, cada criana constroi a sua histria e cria o seu prprio livro, utilizando materiais reciclados.

06 -Oficina: A Vaca Margarida:

Aceitar o meio em que vivemos no to simples assim para todos. Ultrapassar as nossas prprias barreiras, exigir de ns a confiana, a determinao e vontade de mudar o nosso futuro. Os obstculos que temos transceder, lutando contra o (nosso) comodismo, levando-nos a perceber o que o Mundo tem para alm dos nosso prprios horizontes. Neste sentido esta oficina para alm de despertar o nosso olhar para o futuro que nos espera, atravs de 04 sesses as crianas aprendem a (re)construir a nossa histria com materiais descartveis.

07 -Oficina: Canto & Renconto:

Em determinado momento, as nossas crianas o que precisam simplesmente sentar e ouvir. Num canto de uma sala, ou num espao qualquer esta oficina dedica este momento para que as crianas aprendam simplesmente ouvir uma, duas, trs, quatro e infinitas histrias. O restante fica por conta da imaginao e da criatividade da criana. Desta forma, o objetivo estimular o gosto pela leitura semeando o "bichinho" do saber atravs de bons livros.

08) Oficina: A Viagem do Principezinho:

A obraO Pequeno Prncipe, de Antoine de Saint Exupry, traz em seu corpo alguns temas universais. Em princpio, um texto que pode parecer infantil, mas, na verdade, prprio no s para crianas como tambm para adultos, pois as mensagens que carrega nas entrelinhas so lies de amor, amizade e pureza, alm de crticas maneira de como os adultos enxergam as coisas e as pessoas ao seu redor.

O texto fala sobre um aviador que desencorajado a desenhar quando ainda era criana e que, em meio ao deserto, encontra uma figura extraordinria. Comea, ento, a fabulosa histria sobre o Pequeno Prncipe, um menino que mora em um planeta muito pequeno e que tem somente uma flor como companhia. Ela muito vaidosa, mandona e fala demais. Cansado de sua vaidade, um dia ele resolve partir em busca de respostas e faz uma jornada por seis planetas (at chegar Terra). Cada planeta habitado por apenas uma pessoa. Nesta Oficina, as crianas viajam em seis sesses descobrindo se a verdadeira mensagem do Principezinho.

You are here Oficina do Livro ABL

Galeria de Imagens